Uma das preocupações mais latentes da atualidade é a geração de renda, e surgem a perguntas do tipo “como será que posso gerar renda sem ter que ficar tantas horas sob pressão”? Bem, a resposta é simples, para isso existem as modalidades de renda passiva, uma nova ferramenta e forma de olhar os negócios que permite estar gerando uma determinada quantidade de renda sem ter que dedicar essas horas a um trabalho convencional.

A renda ativa é uma das opções mais populares. São aquelas onde você passa várias horas de trabalho dependendo de um estranho que estipula um salário pelas horas trabalhadas, ou se você possui um negócio deve estar atento e será uma atividade sem horário definido.

A questão da renda passiva revolucionou o mundo da economia, sendo, na atualidade, a forma mais rentável de sustentabilidade possível, com a vantagem de não vender o seu tempo aos outros para pagamentos que, por vezes, não são suficientes. Essa nova forma de renda passiva permite que você crie um ativo que fará o trabalho para você em grande escala, e fará com que gere benefícios econômicos de forma automatizada.

Você veio até aqui e se perguntou: Como posso acessar essa modalidade incrível? É verdade que soa muito bom falar, mas é preciso levar em conta tudo o que essa nova estratégia de receitas envolve. Este texto foi produzido com o intuito de apresentar desde o princípio essa nova estratégia de receita, e qual negócio você pode escolher para gerar receita passiva.

O que se entende por renda passiva?

Este tipo de renda surge da atividade que implica um nível mínimo de esforço de tempo.

Características gerais da renda passiva

A concepção deste tipo de estratégia não significa que o dinheiro irá para a carteira e conta bancária num passe de mágica, mas é uma medida que irá otimizar bons rendimentos sem a necessidade de investir tanto tempo e esforço no seu desenvolvimento.

Algo que caracteriza notavelmente a renda passiva é o seu desenvolvimento total, ou seja, que tem um nível de desenvolvimento constante e que aumenta e cresce até que a pessoa e o mercado o permitam, bem como a geração de renda que opera em função disso. O que a pessoa escolher, deverá ter um diferencial para que seja concebido um consumo maior.

Tipos de renda ativa existente

Conhecer muito bem as ramificações existentes da renda ativa nos ajudará, a saber, quais as vantagens que ela pode nos oferecer, e nos convencerá mais a acessá-las. Dentre as tipologias de renda convencional ativa, podemos encontrar as seguintes:

  • Renda por lapso de tempo: Esse tipo de geração de renda é o mais comum, envolve a troca do tempo de trabalho por um determinado salário. Este tipo de renda determinado por um tempo fará com que os ganhos sejam mínimos e não tão ótimos, pois o tempo disponível é finito.
  • Renda com base no resultado gerado: Não se baseia no tempo especificamente, mas no resultado alcançado, ou seja, se você tiver um estabelecimento comercial que vende roupas, a receita que você gerar será baseada na quantidade que você conseguir vender, independente do tempo que demore para isso.

Por esta mesma razão podemos estabelecer esta forma de receita de modo passivo, a qual gera uma porcentagem significativa do resultado que é gerado pela ativa, mas não requer o mesmo tempo e esforço estipulados. E, mesmo assim, a geração de lucro continuará ativa, sendo uma espécie de lucro automatizado.

Quais opções podem gerar renda passiva para você?

Muitos analistas e especialistas em ganhos passivos garantem que uma das opções mais populares é a locação ou aluguel de um imóvel, seja um prédio, casa, instalações ou escritório.

Diz-se que os rendimentos passivos dependem dos rendimentos ativos, por exemplo, as ações notórias, que são uma combinação de ativo-passivo, mas uma não depende da outra. Ou seja, pode ser de natureza ativa se o titular da ação mantém uma atividade ativa dentro das funcionalidades diárias da entidade empresarial, e por outro lado pode ser passiva se a pessoa adquire uma ação e a deixa gerando renda sem fazer nenhum esforço, a fim de obter benefícios à longo prazo.

As novas tecnologias oferecem diversas opções de acesso a esse tipo de renda, dentre as quais se destacam:

  • Estruturas de caráter artístico e criativo: Se a tua força está na arte e na geração de peças de grande cunho artístico, então não hesite, esse talento pode ajudar-lo de maneira incrível a gerar um negócio passivo, podendo apresentá-los através da web para que bons apreciadores destas criações possam acessar a compra dos mesmos.
  • Peças gráficas: A fotografia como meio de renda passiva é um excelente meio, na web muita gente paga pelas fotos para utilizá-las. Por isso, mostre seu talento na fotografia e sua edição lhe garantirá uma renda segura, pois muitas pessoas pagariam por material de boa qualidade.
  • Acesso às informações acadêmicas: Os conteúdos informativos, principalmente os acadêmicos, são muito procurados. Pelo mesmo motivo, dar aulas online, ministrar cursos e até produzir materiais de apoio acadêmico seria uma boa opção de geração de renda.
  • Comércio eletrônico: Essa opção também é considerada uma receita passiva, pois através de sites e redes sociais você pode comercializar produtos e serviços que podem gerar receita sem muito esforço, e sem a necessidade de estar atento o tempo todo, graças ao fato de as plataformas digitais otimizarem a maior parte das coisas.

Investimento em ações: Finalmente, temos plataformas de forex como o CIBfx, que nos permite investir passivamente em ações da empresa e outros ativos, e obter um retorno econômico. O assessor ficará encarregado de fazer o trabalho (dedicar tempo a ele), e receberemos a receita de acordo com a receita obtida pelo nosso portfólio, sem dedicar mais tempo ao processo.

 


Una de las preocupaciones más latentes de hoy en día es en la generación de ingresos, y surgen preguntas como ¿puedo generar ingresos sin tener que estar tantas horas bajo presión? Pues la respuesta es sí, para eso están las modalidades de los ingresos pasivos, una nueva herramienta y forma de ver negocios que te permite estar generando cierta cantidad de ingresos sin necesidad de estar dedicando esas horas a un trabajo convencional.

¡Sigue leyendo nuestro texto para más información!

Los ingresos activos son una de las opciones más frecuentadas. Son esos donde pasas varias horas de trabajo dependiendo de una persona ajena que te estipula un sueldo por horario trabajado o si posees un negocio deberás estar al pendiente y será una actividad sin un horario definido.

El tema de los ingresos pasivos ha revolucionado el mundo de la economía, siendo posible en la actualidad la forma de sustentabilidad más rentable, con el beneficio de no vender tu tiempo a otros por pagos que en ocasiones no son suficientes. Esta nueva modalidad de los ingresos pasivos te permite crear un activo que hará el trabajo por ti en una gran escala y te hará generar beneficios económicos de manera automatizada.

Has llegado hasta aquí y te has preguntado ¿Cómo puedo acceder a esta increíble modalidad? Es cierto que suena muy bien decirlo, pero hay que tomar en cuenta todo lo que abarca esta nueva estrategia de ingreso. Dentro de este texto se concebirá desde lo más simple de esta nueva estrategia de ingresos hasta qué negocio puedes optar para generar ingresos de índole pasiva.

¿Qué se entiende por ingresos pasivos?

Este tipo de ingreso surge de la actividad que implica un nivel de esfuerzo mínimo de tiempo.

Características generales de los ingresos pasivos

La concepción de este tipo de estrategia no significa que el dinero vendrá a la billetera y cuenta bancaria por arte de magia, sino que es una medida que optimizará buenos ingresos pero sin la necesidad de invertir tanto tiempo y esfuerzo en su desarrollo.

Algo que caracteriza notablemente a los ingresos pasivos es su total desarrollo, es decir, que tiene un nivel de desenvolvimiento constante y que va aumentando y creciendo hasta que la persona y el mercado lo permita, al igual que la generación de ingreso que cree dependiendo de lo que elija la persona tendrá que tener un diferencial  para que se conciba un mayor consumo.

Tipos de ingresos activos existentes

Conocer muy bien las ramificaciones existentes de los ingresos activos nos ayudará saber qué ventajas nos pueden ofrecer los ingresos de índole pasiva, y nos convencerá más de acceder a ellos. Entre las tipologías de los ingresos convencionales activos podemos encontrar los siguientes:

  • Ingresos por lapso de tiempo: este tipo de generación de ingreso es el más común, se trata de intercambiar tiempo de trabajo por un salario determinado. Este tipo de ingreso determinado por un tiempo hará que las ganancias sean mínimas y no tan óptimas debido a que el tiempo disponible es finito.
  • Ingresos basados en el resultado generado: este no se basa en el tiempo específicamente sino al resultado logrado, es decir, si posees un establecimiento comercial de venta de ropa el ingreso que generes se basará en  la cantidad que consigas vender indiferentemente el tiempo que tardes en hacerlo.

Por esta misma razón podemos establecer esta modalidad de ingreso de forma pasiva, que depende en notable porcentaje en el resultado que se genere pero no exige un tiempo y esfuerzo estipulado, y aun así la generación de ganancia seguirá activa, siendo una especie de ganancia automatizada.

¿Qué opciones te pueden generar ingresos de índole pasiva?

Muchos analistas y expertos en las ganancias de índole pasiva aseguran que una de las opciones más concurridas es la renta o alquiler de propiedades inmuebles, sea una edificación, casa, local, u oficina.

Se dice que las ganancias pasivas depende de los ingresos activos, ponen de ejemplo las conocidas acciones, las cuales son una combinación de activo-pasivo pero una no depende de la otra, es decir, puede ser de índole activa si la persona que posee dicha acción mantiene una actividad activa dentro de las funcionalidades diarias de la entidad empresarial, y por otra parte puede ser pasiva si la persona adquiere una acción y la deja creando ingresos sin hacer ningún esfuerzo, con el fin de obtener beneficios a lo largo del tiempo.

Las nuevas tecnologías ofrecen diversas opciones para acceder a esta modalidad de ingreso, entre las cuales se pueden resaltar las siguientes:

  • Estructuras de índole artística y creativa: si tu fuerte en el arte y generación de piezas de gran índole artísticas pues no lo dudes, este talento te puede ayudar increíblemente a generar un negocio pasivo, pudiendo exhibirlos mediante la web para que los buenos apreciadores de estas creaciones accedan a la compra de los mismos.
  • Piezas gráficas: las fotografías como medio de ingreso pasivo es excelente medida, en la web muchas personas pagan por fotografías para darle uso, por esta razón mostrar tu talento en la fotografía y su edición te garantizará un ingreso seguro, debido a que mucha gente pagaría por material de buena calidad.
  • Acceso a información académica: los contenidos informativos en especial los académicos son de gran concurrencia, por esa misma razón dar clases por vía online, dictar cursos  e incluso materiales de apoyo académicos sería buena opción para generar ingresos.
  • Comercio electrónico: esta opción también es considerada un ingreso pasivo, debido a que mediante sitios web y redes sociales se pueden comercializar productos y servicios que puedan generar ingresos sin mayor esfuerzo y sin estar todo el tiempo al pendiente, gracias que las plataformas digitales te optimizaran la mayoría de las cosas. 
  • Inversión en bolsa: Por último, tenemos las plataformas de forex como el CIBfx, que nos permiten invertir pasivamente en acciones de compañías y demás bienes, y obtener un rédito económico. El asesor será el encargado de hacer el trabajo (dedicarle tiempo), y nosotros iremos percibiendo ingresos según el rédito que obtenga nuestra cartera, sin dedicar con ello más tiempo al proceso.

Construir uma renda estável hoje em dia tem sido difícil para muitos, mas não é impossível. Existem muitas opções que podem ser acessadas para criar um império com um bom crescimento sustentável e que gere muitos benefícios financeiros.

Bezos deve ter pensado nisso, para o qual uma boa estratégia era a criação de uma livraria on-line, uma opção bastante viável, principalmente vista no conforto do presente, que tem tido grande impacto desde a existência da internet e dos aparelhos eletrônicos.


O mundo atual, falando especificamente sobre atividades econômicas, trouxe consigo muitas concepções que têm sido aportadas por grandes personalidades que dedicam grande parte de suas vidas à atividades no meio econômico-financeiro. Os investimentos são, em sua maioria, ramificações descendentes da economia que são bastante populares, onde podemos citar um grande pioneiro do mesmo conhecido como Joel Greenblatt.


O termo “investimento” permite-nos determinar aquela ação que se baseia na aplicação de uma determinada percentagem do capital financeiro com o objetivo primordial de obter bons resultados a longo prazo, evitando assim que esse capital investido seja perdido ou desperdiçado. Este termo é uma das concepções mais fáceis que migrou da economia, sendo esta opção latente para a geração de bons resultados financeiros.


O mundo da economia sempre foi um espaço muito importante ao longo das décadas, sendo um campo de muita complexidade para quem não conhece o seu funcionamento. Até os dias de hoje, o termo investimento se manteve à tona, uma palavra que tem tido bastante significado no âmbito empresarial, e que continua permitindo, agora de forma mais acessível, diversas modalidades de sucesso econômico.


Todo mundo se refere às pessoas mais ricas do mundo como “aproveitadores e indolentes”, baseando-se no fato de que ter muito dinheiro é sinônimo de conforto máximo e vida fácil. No entanto, eles não sabem quanto esforço esses indivíduos tiveram de fazer para alcançar tal posição.

Cada um deles é dono de histórias sem fim. Aquelas que vemos frequentemente nos meios de comunicação de maior prestígio no âmbito econômico ou revistas de elite, onde se destacam suas realizações e contribuições como seres poderosos e influentes na sociedade.


Ter habilidades prodigiosas nos negócios poderá mudar sua vida para sempre. Como foi o caso de Warren Buffett, um norte-americano de 89 anos com patrimônio estimado em mais de 78 bilhões de dólares americanos e inúmeras histórias para contar.

Sua fortuna é a terceira maior do mundo, sendo superada apenas por Jeff Bezos (CEO da Amazon) e Bill Gates (fundador da Microsoft). Esse indivíduo rapidamente entendeu a importância de aplicar uma gestão de recursos adequada, baseada em um forte esquema de investimentos para alcançar grandes resultados.


Uma ideia criativa e inovadora é capaz de mudar a vida de qualquer indivíduo, além de se tornar uma referência dentro de uma comunidade. Reed Hastings é um dos personagens ricos mais ilustres do século XXI, pois ele foi o responsável por revolucionar o mercado de entretenimento


“Não coloque todos os ovos na mesma cesta”. Este é um ditado que sempre ouvimos desde a infância. Não poderia ser mais certeiro para esta ocasião, já que é sempre necessário ter um “plano B” em termos econômicos para os tempos de crise ou mudanças importantes. Uma realidade possível ao diversificar a renda e ampliar novas alternativas.


Uma casa sempre leva a uma serie de gastos mensais, os quais temos que arcar obrigatoriamente para continuar desfrutando de uma vida cômoda e inovadora dentro do possível. E nesse desejo de “viver dignamente” é que urge o dilema do dinheiro que se destina para isso, já que  em muitas ocasiões é impossível não fechar o mês com um monte de dívidas e no vermelho.


Dificuldade financeira para chegar no final do mês? Quer realizar os seus sonhos, mas a sua renda lhe impede? Não se preocupe! Isso é mais comum do que você pode imaginar. Os desastres econômicos no nosso país reduziram drasticamente o nosso poder de compra, levando a população a buscar alternativas para ganhar renda extra de diferentes maneiras.


Qual parte da minha renda eu devo investir? Esta é uma pregunta que milhões de pessoas se fazem ao redor do mundo. São conscientes do quão importante é contar com bases sólidas em termos econômicos para o futuro, mesmo que este seja muito incerto. No entanto, desconhecem quais são os passos a seguir ou os mecanismos para que este investimento seja o mais bem-sucedido e não gerem perdas consideráveis.


Falar de pessoas em destaque na sociedade atual é falar obrigatoriamente de Elon Musk, encarregado de simplificar diversas áreas da vida cotidiana. Este renomado empreendedor e inventor nasceu em 28 de junho de 1971 em Pretória, África do Sul, no seio de uma família aventureira, onde se formou esse espírito inovador tão distintivo em cada um de seus projetos comerciais.


O fenômeno das criptomoedas está estabelecendo um progresso fascinante no mundo das finanças. Muitos a concebem como “sua salvação econômica” para mudar suas vidas de penalidade à uma existência mais ampla, onde não existam limitações com dinheiro e possa realizar sonhos tão básicos como ter uma casa ou concluir a carreira universitária que sempre desejou.


Você adora sair e aproveitar todos os fins de semana sem economizar? Compra compulsivamente qualquer coisa que vê nas vitrines dos shoppings? Muito cuidado! Estes tipos de hábitos financeiros são capazes de levá-lo à falência num caminho sem volta. Talvez você esteja cometendo esses erros inconscientemente, o que pode ser compreensível já que não somos educados com uma cultura adequada de poupar.


Há pessoas que se destacam na sociedade pela sua capacidade de marcar um precedente em qualquer campo de interesse coletivo. Assim é o caso de Jesse Livermore, que não apenas deixou um grande legado no mundo das finanças e investimento em ações; este homem também demonstrou até que pode-se chegar ao mais alto cume com esforço e inteligência, baseando-se nessa necessidade fundamental de progredir e deixar uma marca entre os que estão ao seu redor.


Há um ditado que diz que quem morre aos 25 anos, não é enterrado até os 75 anos e, em muitas ocasiões, não é verdade? Viver de mês em mês, deixando as viagens dos sonhos para mais tarde porque agora estão gastando tempo trabalhando ou economizando para o futuro. Mas por que isso acontece?

Há várias razões para isso:

  • Educação católica. Parecendo certo ou não, os países hispânicos têm uma tradição católica muito enraizada. E isso, algumas vezes, é mal interpretado e acredita-se que isso significa que há de viver na pobreza e na humildade. Ainda mais distante da realidade. Óbvio que a humildade é um aspecto muito importante da vida, mas nem um pouco em desacordo com a riqueza. Você conhece Mark Zuckerberg, Bill Gates, Jeff Bezos? Todo mundo conhece essas pessoas, elas são imensamente ricas, mas sua visão de humildade e vida é totalmente alinhada. São pessoas que trabalharam duro e agora realmente desfrutam de seu trabalho.
  • Medo do sucesso. Muitas vezes esse medo existe, de ser bem-sucedido, porque não ter problemas ou preocupações, mesmo que pareça ser o que todos estão procurando, nem sempre é o caso. Você já pensou no que faria se não tivesse preocupações? Em que você gastaria seu tempo? Todos conhecemos pessoas que gostam de estar “com problemas”, para não levantar a cabeça e decidir ser os verdadeiros donos de suas vidas. Esse medo é totalmente normal, porque a liberdade também é uma responsabilidade.

Então, por que aspirar à liberdade financeira?

Aproveitar realmente a vida

Muitas vezes, ao longo dos dias, percebemos que não aproveitamos como merecemos as pequenas coisas. Desde o momento que o despertador toca até quando apagamos a luz da mesa de cabeceira as tarefas ocupam cada hora do dia, o chefe que está atento a cada movimento, uma conversa pendente com o seu melhor amigo porque nunca há um tempo de sobra para ele… Graças à liberdade financeira pode-se conseguir que, embora você deva continuar trabalhando, você possa trabalhar menos ou até mudar de emprego por um mais descontraído.

Realizar projetos verdadeiramente gratificantes

O que você queria ser quando era pequeno? Certamente um pequeno sorriso foi desenhado em seu rosto e, na CIBfx, teremos o maior prazer em vê-lo. É isso que queremos dizer com projetos verdadeiramente gratificantes. Talvez você quisesse ser astronauta e agora é algo distante, você precisa ser realista, mas você sempre pode obter uma licença de voo para voar nos céus com um divertido avião leve com a família.
Ou você é um amante dos animais. E aquele abrigo para cães em sua cidade que não recebe atenção suficiente e que, com apenas algumas horas por semana, seria precioso se alguém pudesse ajudá-lo, mas que você, trabalhando tanto, não tem tempo para cuidar dele.

Ajudar aos outros

Um restaurante popular para moradores de rua, um asilo para idosos com material totalmente desatualizado. Em cada cidade e região, diariamente, vemos com nossos próprios olhos e pensamos que não podemos fazer nada. Se você tivesse liberdade financeira, poderia realizar uma enorme quantidade de atividades altruístas, porque, sabendo que nossos ativos não vão acabar, não temos medo de ajudar os outros.

Trabalhar no que você realmente quer

Você sempre sonhou em ser um barman, restaurador de carros ou monitor de equitação, mas teme não poder arcar os pagamentos diários ou manter o padrão de vida ao qual está acostumado. Não se preocupe, a liberdade financeira pode ajudá-lo a realizar seus sonhos e realmente fazer o que ama e trabalhar nos empregos que realmente deixaria você feliz.

Possibilidade de enfrentar qualquer imprevisto a qualquer momento.

Um aumento inesperado do valor da luz, a máquina de lavar que quebra, um jantar com um amigo que não se vê há anos em um restaurante caro na cidade… Quando se vive no dia a dia, sem economias ou, simplesmente, com dificuldades em resolver esses imprevistos, é muito difícil pensar no amanhã e em um verdadeiro projeto futuro. Diversificando a economia e aprendendo a gerar renda por meio dessas operações e do mercado de ações, esses imprevistos se tornarão oportunidades para demonstrar que a vida sorri para você.

Dar a si mesmo aquele pequeno presente que você sempre quis

Comer em um restaurante com estrela Michelin, férias na Ásia, esquiar nos Alpes… Esses pequenos presentes que não se pode fazer no dia a dia e que, se tivesse mais dinheiro disponível, todo mundo estaria feliz em realizar. A liberdade financeira, o fato de não depender de pagar contas para assim poder presentear-se, pode-se conseguir com um bom planejamento econômico, uma carteira de investimentos e uma visão de que se pode conseguir mudando pequenas ações do dia a dia.

Na CIBfx queremos ajudar você a conquistar a sua liberdade financeira

Muitos de nossos clientes, com os que temos trabalhado há mais de 10 anos, conseguiram a sua tão esperada liberdade financeira. Não ter que depender de nada nem de ninguém, montar seus negócios por prazer e não necessidade… Como dizemos na CIBfx: “Se você quiser, pode ser o verdadeiro dono do seu destino”. Peça-nos mais informações e conheça mais sobre como conseguir sua liberdade financeira.


Nos últimos tempos, em que há uma crescente insegurança econômica e tudo é muito mutável, sabemos que os planos de previdência podem ser um ativo muito importante para assegurarmos um bom futuro. É por esse motivo que através da CIBFx queremos explicar-lhes as várias razões pelas quais contratar um plano de previdência pode ser uma boa opção.

A Previdência Social não é suficiente

O envelhecimento da população e a deterioração do mercado de trabalho, com a consequente redução de contribuintes e nos valores dessas contribuições, torna-se cada dia mais difícil a sustentabilidade da Previdência Social. Pelo menos nos mesmos que nos acostumamos nas últimas décadas. Que a Previdência Social continue minguando, isso é um fato.

Permite que você pague menos impostos de deduza na declaração do Importo de Renda

Se contratamos um plano de previdência podemos desfrutar de benefícios fiscais como a redução de imposto no IR.

Cada vez vivemos mais 

O fato de se viver cada vez mais provoca uma maior incerteza nos cofres da Previdência Social, portanto, ter um plano de previdência privada ajuda a garantir um nível de vida e mantê-lo ao longo dos anos.

Ajuda a planejar economias e aposentadoria

Ter um plano de previdência ajuda a conhecer, em primeira mão, as economias que você tem e com as quais planeja passar o resto dos nossos dias, para que tenhamos total controla e liberdade sobre o nosso futuro.

Pode começar a qualquer momento

Obviamente, quanto antes você começar a economizar, melhor, mas não há nenhuma data estabelecida para se criar um plano de previdência. Quanto antes você começar, um “menor esforço” você fará, mas em uma idade mais avançada não terá problema, pois completará e ajudará na sua aposentadoria.
Depois de conhecidas as razões pelas quais lhe recomendamos contratar um plano de previdência, também indicaremos várias razões pelas quais é necessário pensar duas vezes.

Comissões altas

Ao contratar esse tipo de produto, você terá que pagar alguns depósitos, taxas de administração etc. Porém, existem outros tipos de comissões invisíveis que acabam reduzindo a rentabilidade de nosso dinheiro, como as despesas associadas aos investimentos feitos pelo gerente de nosso plano de previdência.

Impostos Elevados

Diferente dos fundos de investimentos, ações e outros produtos derivados que pagam impostos pelos benefícios obtidos, os planos de previdência pagam impostos pelos direitos consolidados, ou seja, os impostos são pagos com base no que é economizado e mais os benefícios. Além disso, o percentual a ser pago será diferente, uma vez que tributam sobre a renda do trabalho, por tanto, as alíquotas a serem aplicadas, dependendo do total, podem se tornar mais altas do que outros produtos financeiros. Desde que o dinheiro seja contribuído, esses valores podem ser deduzidos na declaração do IR pessoal, mas no momento da recuperação do dinheiro, os inconvenientes começam, pois o Tesouro manterá uma parte importante do valor total economizado.

Baixa rentabilidade

Como regra geral, esses planos de previdência não têm o retorno esperado ou se adaptam à inflação atual. Embora seja verdade que eles nos dão segurança, em muitas ocasiões o percentual de lucro é menor que a inflação do momento, com a qual a lucratividade final será muito baixa.

É por isso que, na CIBfx, oferecemos contas gerenciadas nas quais, com uma maior lucratividade do que os planos de previdência, você terá total segurança e controle de onde suas economias estão localizadas.


Quer fazer crescer o seu dinheiro mas não gosta de assumir riscos elevados?

Ou talvez só tenha curiosidade de experimentar o mundo dos investimentos.

Ou pode ser que tenha o capital mas não sabe onde investir.

No passado, em estas situações, não havia muito que fazer.

Hoje, graças à internet e às novas tecnologias como blockchain, isso é mais do que possível.

Investir em imóveis? Ponha seu dinheiro no banco? Ou há algo mais?

Há pouco mais de uma década, vimos como o setor imobiliário, que se tornou moda como forma de aumentar a economia, começou a entrar em colapso em muitos países do mundo, incluindo o gigante econômico dos Estados Unidos.

Além disso, muitos grandes bancos naquele e em outros países estavam falidos.

Com isso, dizemos a você que sempre existe um risco ao investir e que a mídia tradicional nem sempre é a melhor opção para todos os investidores nem são opções sem risco.

Diante de tudo isso, muitas pessoas decidiram investir seu dinheiro de outras maneiras alternativas, como as startups, ou participar de esquemas de pirâmides de alto e rápido retorno.

E bem, o primeiro pode deixar muito dinheiro, mas também é necessário muito capital e o risco é muito alto; e o segundo, então, não é uma maneira real de investir e acabam sendo fraudes.

Se você não tem muito capital para comprar imóveis ou investir em empresas, e se não quer correr um risco excessivamente alto, apostando seus ativos, trazemos boas notícias.

Novos modelos de investimento

Nos últimos anos, surgiram diferentes opções em vários países, destinadas ao investidor iniciante ou de baixo orçamento.

Imagine poder investir começando com apenas US $ 500, em:

  • Matérias-primas como ouro, prata e milho.
  • Ações de empresas como Apple e Google.
  • Câmbio de moeda estrangeira ou cambial em moedas como dólar, euro, libra e iene.
  • Criptomoedas como Bitcoin e Etherium
  • Índices de Ações

Esse modelo se chama Trading e hoje é a opção mais versátil para investir sem ter que arriscar todo o seu capital.

Quanto dinheiro você pode ganhar em Trading

A resposta é muito relativa, dependendo do nível de experiência e conhecimento do profissional (aqueles que negociam).

Se olharmos para os verdadeiros negociadores de Forex, você descobrirá que as porcentagens de benefícios anuais e mensais são realmente impressionantes.

A maioria dos traders verifica suas margens mensalmente, e não é surpresa que eles gerem um lucro entre 5 e 15% ao mês durante o decorrer de um ano.

Com isso em mente, mesmo com um lucro médio mensal de 10% ao longo de um ano, um dos melhores traders pode gerar um lucro de 120% no geral.

Agora, é importante observar que nem todos os comerciantes ganham esse valor. Muitos outros perdem, geralmente por não treinar, por não receber conselhos e deixar que as emoções o controlem.

Como posso começar a negociar

Depois de conhecer o processo, você perceberá que não é tão complicado.

Logicamente, tudo o que é novo, além de empolgante, pode gerar dúvidas e medo.

Portanto, convidamos você a falar com um de nossos especialistas mais qualificados e com grande experiência no mercado de valores mobiliários, que explicará passo a passo para aprender a investir no mercado Forex, Ações, Índices e Mercadorias.

Pressione abaixo para receber a ligação de um de nossos representantes:

CTA Blog Post Portugues

 

AVISO DE RISCO:

A negociação de FOREX ou CFDs com margem tem um alto nível de risco e pode não ser adequada para todos os investidores. O alto nível de alavancagem pode ser benéfico ou prejudicial para você. Antes de tomar a decisão de investir em FOREX ou CFDs, você deve analisar e investigar seus objetivos, nível de experiência e exposição ao risco.

Existe a possibilidade de você perder uma parte ou todo o seu investimento inicial e, portanto, não deve investir dinheiro que não está disposto a perder. Você deve estar ciente de todos os riscos associados às operações de FOREX ou CFDs e procurar um consultor financeiro independente em caso de dúvida.


Market Review 17.03.2017:

The US market seems to slightly lose its winning streak after this closing week. It does not mean that the market is losing, but the market is an unpredictable figure churner that such a decline is already expected. Meanwhile, the European Central Bank keeps the current interest rates, which it said would be extended further in time. The program on bond-buying would most likely stay until December.

This week, the focus of this article would be on how to gain a deeper understanding of fixed-income investing. What could be deduced here in case of the bullish market happening in the US? Would it entail a losing side on other financial markets or would it boost the other markets’ upheaval?

Fixed Income Investing – What to make of it?

As an introduction, bonds offer fixed rates of return for a fixed period of time or an extended one, depending on the investor’s choice. Portfolios would mostly consist of bonds and stocks, which would entail the feature of a diversified investment.

What are the rewards from such risks then?

  • Generally, when rates increase, the risk for any return in bond investment also rises. As an observation, interest rates do not faze out modest returns from bond investing.
  • The rate may be too low at the current level of investing nowadays, but this is a fool- proof testament that bonds would still perform well when stocks are dropping. Bonds and stocks show an inverse relationship where, if one is falling, the other would rise. That is why bonds are effective shields against market volatility.
  • Stocks that are paying dividends provide a great assessment of a well-performing investment. Remember that dividends are not a guarantee of fixed returns because it is part of equity, and corporate discretion always comes into play.

A diversified portfolio really means enough buffer in case other types of investment do not work out. It acts like a leverage that would enable an investor to forecast and see any upcoming upsets and market flow for a better set of decisions to be made.

What should an investor do?

  • Assess what the component of your portfolio would be through proper allocations of how much would be in bonds or in stocks. Ask a legitimate financial advisor for better decision-making.
  • Diversification is a must, as it would contain different types of assets in each bond and stock classifications.
  • Bonds should be kept in varying terms of maturities. Short-term bonds are preferred for better investment positioning and determination.

 

Market Price Recap

Stock Index Closing Change from Last Week % Change
Dow Jones 21, 903.54 897.83 -0.05%
NASDAQ   5, 861.73   -9.02 -0.02%
S&P 500   2, 372.60    10.52 +6.00%
Russell 2000   1, 365.26   -28.87 -0.03%

 

 

Others Closing Change from Last Week % Change
Oil        48.43 -.31 -9.20%
Gold 1, 201.40  5.90 +0.49%
EUR/USD           1.0674 -0.0033 -0.31%
USD/JPY      114.78 +1.24 -0.20%

 

Stock Index Closing Change from Last Week % Change
UK FTSE 100 7, 374.39 31.31 +0.43%
Stoxx Europe 600     374.73   1.51 +0.40%

 

Stock Index Closing Change from Last Week % Change
Nikkei 225 19, 633.75   29.14 +0.15%
Shanghai Composite   3, 237.02   24.26 +0.76%

 

 

 


Market Forecast 15.03.2017

After a slight disruption in a straight winning streak of the US stocks last week, the economic report and labor market are still promising and optimistic. Rates would be released this week, and here is a takedown of what would transpire this coming week.

US Reports:

The real deal would be whether the rate hike this coming March 15 would be able to sustain the expectations of investors and the concerned public. This is a scenario where the rate would be beneficial, yet at the same time disappointing due to its inherent risk. The economy as noted by Fed Chair Janet Yellen, is operating under speculation and speculation alone. It has not reached the boundary of objectives reasonable enough to conclude its effectiveness. The setback would be on the US dollar, as it would not gain enough if the Fed decided to increase its rate.

As for gold prices, the coming week might add a slight indicator of short-term confidence on the increase of its trading price. Oil inventories are seen to continue their record high number, which could counter the falling demand for gasoline, which resulted from its dismal closing price last week.

The inflation report would likely cause more increase in interest rates, as relayed by Yellen. On the report to be released Wednesday, consumer prices are predicted to increase by 0.2%, due to the increase in prices for automobiles, clothing, and energy. This increase in prices of commodity indicate a trigger point for inflation rate increase. Unemployment claims still continue to be below the 300K mark, which sustains a healthy labor market for the country.

Japan:

The Bank of Japan would release its rate decision this coming Thursday. The bank’s governor Haruhiko Kuroda said that the inflation rate target of 2% might be taking quite a longer time to achieve. While the concern is looming over Donald Trump’s protectionist policy, Governor Kuroda said that the said policy would actually be able to boost economic growth around the world and in the US. How this would occur is still mere speculation and projections for export activities are looking good until the upcoming fiscal year.

UK:

The Bank of England would also release its rate decision on Thursday. The past report saw the benchmark rate for the bank being retained at 0.25% and the bank opting to retain its measures on its other monetary policy. The bank positively forecasted an improvement in the economy, which would result in a higher chance of a rate increase in comparison to not putting a cut on it. The economic growth prediction rate is set at 2%, together with a lower rate for unemployment. Brexit seems to keep the growth from halting, and the country’s policymakers could expect continuous growth for the coming months.

New Zealand:

The country would release its GDP data this coming Wednesday with a forecasted a 0.7% growth rate for Q4 of 2016. The last third quarter saw an increase in construction and consumer spending activities. The resulting forecast was triggered by a rising number of tourists, boosting manufacturing for tourist export and retail. Note also that the service sector took an expansion of 1.1% for the quarter alone.

As always, stay diversified and study the balance of an investment portfolio. Market volatility is a surefire miss, if not considered carefully.

 


Market Forecast 7.3.2017

With most global markets gaining during the last few weeks, the markets releasing economic data seem to benefit from positive figures. Aside from that, monetary policies were implemented to curb any movement in inflation and equity investment uncertainties.

Global Rate Decisions:

The European Central Bank would release its rate decision this coming Thursday. It may seem that the ECB would keep the rate based on January and that the bond-buying effort would still be in place. ECB’s head Mario Draghi directly said that even if the Eurozone is getting more positive, time is still needed for it to fully recover. He further explained that more monetary and fiscal measures should still be considered to fully reach its desired recovery.

Meanwhile, the Reserve Bank of Australia would also release its rate decision this coming Tuesday. The February rate of 1.5% was still in place and as economists would say in the upcoming announcement, rates would likely be raised. Others would contradict the sentiment that since the inflation does not rise, then the rate should likely be more put down.

Global Market Outlook:

The Federal Reserve is still playing largely on the part of the economy, as many are prospecting another rate hike this coming March 15.

China might be able to gain a balance on its economy. The reforms were already showing significant movement as the export industry was slowly gaining. Other global economies might want to take advantage of the country’s growing consumer market, as optimistic sentiment could be drawn towards more spending, and the global trade focus could culminate in the coming years.

As for Europe, equities might show an improvement, as earnings were looking good and the hype on the zone’s politics might not pose a significant risk in the coming few weeks.

Canada would release its employment date on Friday. January reports an increase of jobs in the service industry while the unemployment rate registered at 6.8% against 6.9% last December. This means that the country is slowly recovering from oil price slowdowns, although the jobs created were mostly part-time, doubling its increase by almost 100% against increases in the full-time jobs created.

For a given fact, the US unemployment report registered the lowest figure, and this figure is surely a major factor for consideration in the Federal rate hike. The labor market in the US poses a healthy prospective; if maintained, this could lead to a record on full employment rate.

Currency Trade:

The EUR/USD for the coming week might continue its bearish streak, as Mario Draghi might be able to proclaim certain measures and policies that would further boost the economy and bring it back from its slump.

On the other hand, the USD/JPY is seen to be bullish the coming week. Despite the erratic effect of Trump on the country’s economy, strong export activities might be able to cope and produce more positive data figures for the country as a whole. With the upcoming release of Q4 figures, the market would likely respond and gear towards the bullish line on every market analysis tool.

In the end, market volatility plays a big part on what to normally consider in every investment decision. Trend analysis, forecasting tools, and other sophisticated market simulators could not even guarantee sure decision-making; they’re simply tools in making a wise one. Economic factors, political agenda, and the world’s reaction on the policies being implemented would all contribute to how the market would truly react and show significant figures are in making economic decisions.

Currently. it is to be considered that the short-term effect of the continuous market rally would not necessarily mean a reflecting factor on how it would translate in the long run. Being focused and diversified would surely put any investor on the advantage line.


Market review 3.3.2017

Amidst the alleged plans of the Trump administration of interest rate hikes fairly soon, the delay of its implementation has the U.S. dollar hitting a low.  United States Secretary of Treasury Steven Mnuchin announced last week that the Trump administration will implement a small percentage of the promised economic reforms, and the implementation will be delayed until August of this year. This has resulted in a mediocre performance of the U.S. dollar against other major currencies.

The political rumours in the UK about the Scottish referendum have also affected the pairing of the USD and the GBP.  It started out as a promising pairing at the beginning of the week, but it turned out to be an exercise in caution, at least until the rumours have abated. Many investors watched with bated breath whether the USD/GBP pair will continue to decline this week.  It continues its slight decline.  Although this is the case, the real estate market, durable goods orders and GDP data from both the United States and the United Kingdom has increased slightly, making the future of this currency pairing slightly brighter.

U.S. durable goods orders such as electrical gear and communications equipment rose the previous month, and are expected to continue rising all throughout March. There is in fact, an estimated increase of 0.5% monthly until December 2017. The United States manufacturing sector also showed an increased manufacturing PMI, and by February month-end should be at 56.1 points. The U.S. Services sector, on the other hand, has shown a bit of an increase as the employment index continues to rise in February. It is also good news for the U.S. oil sector, as crude exports continue to rise. When it comes to the U.S. market, investors need to keep a close watch on unemployment claims, as this might affect the standing of the U.S. dollar.

In the United Kingdom, the construction and housing sector continues to be bullish, and there is an expected increase in business during the next 12 months.  Although there is a decrease in export orders and new businesses, Manufacturing PMI output and prices charged increased. Because of the bright standing of the real estate housing industry in the UK, the business confidence of construction companies increased this year.

The pairing of the Euro and US Dollar also showed a bit of a decline this week. There are two significant political events to watch out for in Europe, and both of these will most likely affect the standing of the Euro. On March 15, the Dutch General Elections will be held.  If the PVV party is victorious, then the Euro will definitely be shaken.  The PVV party is in favour of The Netherlands leaving the European Union. On April 23, the French Presidential election will be held. If the political party Front National is victorious, its leader Le Pen promises a referendum of French nationals on EU membership. This will also significantly affect the Euro. Should the Euro decline, many financial analysts are recommending investors to rely on safe-haven instruments, and the popular ones right now are the Japanese Yen and gold.

On the other hand, the Australian Dollar and US Dollar pair has stayed on the periphery of the bullish trend line, albeit only for a short term. Many investors are still a bit wary about the negative reading of the Australian economy.  However, the economy of Australia is slowly bouncing back, and expected to recover in the next few months. Although there is an overall slump in most economic sectors, the agricultural sector gained 7.5 %, a figure which provided the much-needed offset to their numbers.

 


Market review 3.3.2017

Amidst the alleged plans of the Trump administration of interest rate hikes fairly soon, the delay of its implementation has the U.S. dollar hitting a low.  United States Secretary of Treasury Steven Mnuchin announced last week that the Trump administration will implement a small percentage of the promised economic reforms, and the implementation will be delayed until August of this year. This has resulted in a mediocre performance of the U.S. dollar against other major currencies.

The political rumours in the UK about the Scottish referendum have also affected the pairing of the USD and the GBP.  It started out as a promising pairing at the beginning of the week, but it turned out to be an exercise in caution, at least until the rumours have abated. Many investors watched with bated breath whether the USD/GBP pair will continue to decline this week.  It continues its slight decline.  Although this is the case, the real estate market, durable goods orders and GDP data from both the United States and the United Kingdom has increased slightly, making the future of this currency pairing slightly brighter.

U.S. durable goods orders such as electrical gear and communications equipment rose the previous month, and are expected to continue rising all throughout March. There is in fact, an estimated increase of 0.5% monthly until December 2017. The United States manufacturing sector also showed an increased manufacturing PMI, and by February month-end should be at 56.1 points. The U.S. Services sector, on the other hand, has shown a bit of an increase as the employment index continues to rise in February. It is also good news for the U.S. oil sector, as crude exports continue to rise. When it comes to the U.S. market, investors need to keep a close watch on unemployment claims, as this might affect the standing of the U.S. dollar.

In the United Kingdom, the construction and housing sector continues to be bullish, and there is an expected increase in business during the next 12 months.  Although there is a decrease in export orders and new businesses, Manufacturing PMI output and prices charged increased. Because of the bright standing of the real estate housing industry in the UK, the business confidence of construction companies increased this year.

The pairing of the Euro and US Dollar also showed a bit of a decline this week. There are two significant political events to watch out for in Europe, and both of these will most likely affect the standing of the Euro. On March 15, the Dutch General Elections will be held.  If the PVV party is victorious, then the Euro will definitely be shaken.  The PVV party is in favour of The Netherlands leaving the European Union. On April 23, the French Presidential election will be held. If the political party Front National is victorious, its leader Le Pen promises a referendum of French nationals on EU membership. This will also significantly affect the Euro. Should the Euro decline, many financial analysts are recommending investors to rely on safe-haven instruments, and the popular ones right now are the Japanese Yen and gold.

On the other hand, the Australian Dollar and US Dollar pair has stayed on the periphery of the bullish trend line, albeit only for a short term. Many investors are still a bit wary about the negative reading of the Australian economy.  However, the economy of Australia is slowly bouncing back, and expected to recover in the next few months. Although there is an overall slump in most economic sectors, the agricultural sector gained 7.5 %, a figure which provided the much-needed offset to their numbers.