Trading online VS investimento tradicional

Neste artigo apresentamos um breve guia comparativo entre trading online vs investimento tradicional, de forma a estabelecer as

Neste artigo apresentamos um breve guia comparativo entre trading online vs investimento tradicional, de forma a estabelecer as suas diferenças, vantagens e desvantagens e claro, para que o leitor que esteja a pensar investir numa destas duas opções possa esclarecer todas as suas dúvidas.

PONTOS CHAVE

A primeira e mais notável diferença é o horizonte de investimento (tempo previsto para o investimento gerar rentabilidade). As operações de longo prazo (20-15 anos) tendem a ser muito menos arriscadas e com margens de lucro menores. Negociações de curto prazo (semanas, dias, horas, minutos) tendem a ser negociações muito arriscadas com altas margens de lucro.

  • O trading online é de curto prazo e tenta antecipar as reações do mercado para obter lucros rápidos.
  • O investimento é de longo prazo, beneficiando-se do crescimento econômico das empresas e permitindo que elas se financiem.
  • O trading é para pessoas muito experientes e sólidas: 90% dos traders perdem dinheiro.

UM OBJETIVO COMUM: GANHAR DINHEIRO

O que você acha que fundos de hedge, Warren Buffet, trabalhadores de colarinho branco e você têm em comum?

Todos nós temos o desejo, pelo menos em parte, de ganhar mais dinheiro para viver melhor.

Ficar rico é um objetivo comum, em quase todos os cantos do planeta. Seja para poder encher a geladeira, comprar uma casa, um carro de luxo ou a educação dos nossos filhos. Quem não quer viajar e ver o mundo sem preocupações? Quem já viaja muito quer comprar uma casa maior, mais perto da praia, um carro maior, um barco… Queremos sempre mais, a natureza humana responde a uma das bases do capitalismo, o desejo de ter e acumular só termina com a morte e nossas sociedades são construídas em torno dessa premissa.

Talvez por isso o trading e os investimentos na bolsa tenham tantos adeptos em todo o mundo, pois são considerados por muitos como um veículo para a riqueza rápida e sem esforço; nada poderia estar mais longe da realidade, em parte, porque como em qualquer negócio na vida, é preciso muito esforço, tempo e dedicação.

Neste caso podemos definir duas categorias de traders e investidores. Quer começar como trader ou quer investir a longo prazo? Primeiro, vamos detalhar as diferenças entre as duas abordagens.

Trading online

Objetivo

Os traders procuram lucros de curto prazo. Em outras palavras, seu comportamento é exatamente o oposto dos métodos de compra e retenção. Seu objetivo é realmente o desempenho. A base do trading é a análise dos gráficos de preços das ações e da análise técnica para encontrar oportunidades de investimento no curto prazo.

Não importa para que lado o mercado está indo, um trader toma uma posição tanto no lado positivo quanto no negativo do ativo. De fato, almejar um retorno tão alto pode exigir riscos adicionais. Para alguns operadores, esta assunção de riscos contribui para a sua satisfação.

Período de permanência

O tempo que decorre entre a compra e venda da mesma ação ou título (ou vice-versa), pode variar de alguns segundos a alguns meses, dependendo do estilo adotado pelo operador e se o seu cenário é realizado ou não.

Por exemplo, os day traders compram e vendem suas ações no mesmo dia; o Scalping é um estilo de negociação de muito curto prazo, o tempo de retenção de um valor é muito curto (minutos ou segundos).

Requisitos de tempo

O estilo do trader determinará a quantidade de tempo que você terá para se dedicar a isso. O trading de qualquer tipo consome muito mais tempo e energia do que investir.

Embora possa ser parcialmente automatizado, o trading ainda é um processo muito manual e requer assistência regular. Os day traders precisam trabalhar muitas horas por dia, portanto, para eles, pode ser considerado um trabalho em tempo integral.

Custos

O trading, além do investimento inicial, tem custos de comissões ou sobretaxas para operações noturnas, embora a democratização da internet e as opções de financiamento das corretoras tenham tornado o trading uma operação ao alcance de todos (pode ser iniciada com 250 USD), o capital inicial deve ser considerável, se você deseja ambicionar grandes margens, ainda mais se o trader quiser viver disso.

Mentalidade

Os operadores tendem a ver o mercado como um conjunto de símbolos de negociação. Eles seguem o fluxo de notícias, alguns analisam relatórios financeiros, analisam gráficos de ações e tentam aproveitar as microoportunidades para vencer o mercado.

Enquanto os investidores buscam os fundamentos do mercado para identificar oportunidades de crescimento a médio e longo prazo (vários anos), os traders geralmente esperam lucrar concentrando-se nos pequenos altos e baixos do mercado, procurando oportunidades nas flutuações de preços e volatilidade.

É por isso que o trading online tende a atrair personalidades que assumem riscos. É preciso estar sempre atento aos detalhes para identificar a tempo as ineficiências do mercado e obter um pequeno retorno. Devido ao alto nível de envolvimento inerente à negociação, torna-se um processo emocional mais intenso do que o investimento de longo prazo.

Como ter sucesso no trading

Los operadores exitosos son aquellos que logran conseguir beneficios de forma constante a lo largo del tiempo. Estos personajes se destacan por dos cosas principalmente: han creado una metodología de trading, basada en el análisis técnico y su experiencia y saben manejar sus emociones.

Entender que o mercado está sempre certo e muitas vezes imprevisível é a base para começar a gerar lucros. Na prática, um trader experiente abre várias posições (sabendo que vai perder em algumas) para que as posições vencedoras compensem as perdedoras.

INVESTIMENTO

Objetivo

Os investidores procuram criar riqueza a longo prazo. Longo prazo significa durante um período de 15-20 anos. Isso é feito avaliando os fundamentos do mercado, das empresas e da economia, no que se chama de análise fundamentalista.

Após a análise abaixo, eles escolhem as ações – ou outros títulos – que provavelmente crescerão no futuro. Portanto, um investidor tenta se distanciar emocionalmente da volatilidade de curto prazo dos mercados, concentrando-se no valor estimado das empresas nas quais investiu.

Como os investidores buscam o crescimento dos resultados econômicos de uma empresa, geralmente visam um retorno anual de 8% a 15% em sua carteira financeira. Aumentar ou diminuir o risco pode ampliar esse intervalo em qualquer direção.

Além dos benefícios obtidos com a compra e venda de uma ação listada, o investidor também se beneficia dos dividendos e da composição destes ao longo do tempo.

Período de permanência

Os investidores podem manter o estoque por anos ou mesmo décadas. Você pode comprar ações do Facebook hoje e mantê-las pelos próximos 30 anos. Manter o estoque por décadas pode ser ideal para objetivos como se preparar para uma aposentadoria mais confortável. Enquanto os investidores com objetivos de curto prazo, como comprar uma casa, podem ter horizontes de tempo mais curtos, da ordem de 3 a 5 anos.

De qualquer forma, a parte do patrimônio que se destina a investimentos financeiros, como ações, deve ser considerada no longo prazo (sem nunca precisar dele para o dia a dia), para não ser obrigado a vendê-lo no pior momento.

Requisitos de tempo

O investimento adequado em ações requer uma sólida formação financeira em análise fundamental, contabilidade e economia. O tempo necessário para adquirir e dominar esse conhecimento é imenso. Em geral, as pessoas físicas que não possuem esse conhecimento devem adquirir os serviços de entidades financeiras.

En segundo lugar, la creación de una cartera de valores implica un importante compromiso de tiempo para estudiar los fundamentos del mercado, considerar el precio y la valoración y evaluar el potencial de crecimiento a largo plazo.

Custos

Como os investidores mantêm seus títulos por longos períodos de tempo, os custos e impostos que eles suportam são muito menores do que os dos traders. No entanto, esses custos podem variar enormemente dependendo do meio e dos intermediários financeiros que possuem a carteira de títulos.

Escolher investir em um fundo mútuo ou em uma SICAV, por exemplo, terá custos mais altos do que ações ou ETFs com comissões baixas. Portanto, os investidores monitoram cuidadosamente as taxas e comissões para evitar que o desempenho bruto de suas carteiras se deteriore.

Escolher um corretor com comissões muito baixas pode, portanto, maximizar o retorno líquido e os juros compostos ao longo do tempo.

Mentalidade

Quando os traders veem os símbolos chamados “tickers”, os investidores veem as empresas, seus negócios e suas economias. Quando compram uma ação, estão realmente pensando em possuir uma parte dessa empresa e de seus negócios, o que é bem verdade.

Por isso, o investidor deve ter uma abordagem estruturada, definir o valor da empresa e avaliar se a ação que está comprando está a um bom preço. Portanto, os investidores mais bem-sucedidos agem de forma racional e não se deixam guiar pelas emoções. Eles resistem ao pânico quando os mercados e as ações caem.

Como investir com sucesso

Aprenda a escolher os títulos certos, faça sua pesquisa e desenvolva uma estratégia de investimento que você possa seguir. Embora nenhuma negociação ou investimento seja garantido, saber o que está fazendo e ter uma estratégia de investimento bem definida o ajudará a não ceder à emoção.

As emoções farão você tomar decisões erradas. Não se esqueça das melhores práticas que são essenciais para manter seus investimentos em ações a longo prazo. Adicione um portfólio diversificado de títulos que suaviza os riscos e você terá todos os ingredientes para um crescimento sustentável.

Conclusões

  • Ambos os métodos têm o mesmo objetivo, ganhar dinheiro
  • Ambos os métodos requerem preparação e conhecimento para atingir os objetivos desejados
  • Com o trading on-line, você pode gerar receita todos os dias, sob grande risco de perda
  • Com investimentos, você pode acumular riqueza futura com um nível moderado de risco

A escolha de um ou outro dependerá de seus objetivos de investimento; das suas capacidades e aptidões; sua capacidade de gerenciar suas emoções e, claro, o capital disponível para investir/operar